POSTS NOVOS

quarta-feira, 14 de maio de 2014

Geladeira cheia


Nós sabemos que as cartas as igrejas do livro de apocalipse, não se referem só as igrejas em si, mais também se referem a períodos de tempo. E se formos analisar as características dessas igrejas, sem sombra de dúvidas, a que mais se assemelha com a de hoje, é a igreja de Laodiceia. Já falamos um pouco aqui sobre isso no post espiritualidade tipo chuchu, mas hoje quero ressaltar algumas questões.

Laodiceia era uma igreja auto-suficiente, caminhava sozinha, independente, sabia quem era Deus, relacionou-se com Ele em algum momento, porém conseguiu buscar em si sua própria “salvação”. Isso se assemelha em absoluto com a realidade da maioria de nós. Estava conversando com minha esposa dias atrás sobre isso. Estamos envolvidos em uma endoma religiosa, e não em Cristo. Enquanto estivermos envolvidos com a religião “evangélica gospel” não encontraremos a vida de Cristo. O que estamos vendo são pessoas que até pregam a bíblia, freqüentam a igreja com assiduidade, muitos tem até ministérios de destaque, mas não tem uma vida com Cristo. Uma vida de relacionamento e comunhão. Sua vida não condiz com sua pregação. Pelo fruto se conhece a árvore  não é mesmo? E não só a frutos exteriores, mas principalmente os interiores. Os Frutos do Espírito. (Gálatas 5.22).

“Esses me adoram com suas bocas, mais seu coração está longe de mim”

O jovem rico viveu uma questão semelhante, porém as suas obras eram exteriores. Guardava a lei, vivia-a com intensidade, obedecia a todos os mandamentos. Contudo ao ser confrontado por Jesus para que vendesse tudo quanto tinha para segui-lo, vimos que seu coração não está disponível a abrir mão de tudo.  Talvez nós não tenhamos os bens do jovem rico, muito menos sua condição financeira, mais temos a nós mesmos. Nem sempre, para não dizer a maioria das vezes estamos disponíveis a abrir mão dos nossos desejos carnais e pecaminosos, que estão sucumbido a nossa vida, fazendo-nos vivenciar uma vida de distanciamento da presença dele?! E sabe o cômico em meio a tudo isso? A maioria de nós temos a compreensão da nossa necessidade de mudança, nossa melhoria de relacionamento com Ele, através de oração e a compreensão da revelação a luz da palavra mais não mudamos. Ouvimos inúmeros sermões, frequentamos aos cultos de nossas congregações, mais continuamos a viver uma vida religiosa, enfadonha repetitiva, de “obediência a lei” mais não estamos vivendo a Cristo. Isso não é nosso temperamento laodiceiano falando mais alto?

Como profeta João Batista precisamos gritar: “é necessário que Ele cresça e que eu diminua” (João 3.30).

Temos ferramentas para a mudança, um Espírito que é Santo que estimula-nos e incentiva-nos a uma vida de comunhão e relacionamento pessoal, não há mais tempo para permanecermos em um sistema religioso, é tempo de partirmos para a liberdade de conhecê-lo verdadeiramente.

Eu tenho uma certeza em meu coração, a maioria de nós temos passado muito tempo ouvindo falar sobre Deus, do que conhecendo-o e relacionando-se com Ele. Também sei que quanto mais tempo de “fé” temos inserido-nos nessa normalidade. Mais todos essas características só nos mostra o quanto somos religiosos e precisamos mudar.

Que Deus nos abençoe.
Abraços Fabrício Tarles

7 comentários:

  1. “Esses me adoram com suas bocas, mais seu coração está longe de mim”
    Do tipo, verbaliza um vida de intimidade e adoração, e nada da Essência.. cantar e viver: "Estou voltando a Essência da adoração e a Essência és Tú, Jesus!!"
    Sendo assim, ter corações cheios e transbordar pelos lábios e modo de vida.
    Chega de viver de aparência!

    ResponderExcluir
  2. O engraçado é a frieza... e orações e ações cada vez mais frias, sem dedicação ao chamado ao reino, ao Ide. Quer viver uma verdadeira Geladeira Cheia...Cheia de si. dos próprios conceitos e interpretações errôneas sobre a palavra... frieza. Sem cultuar ou adorar de verdade! ISSO É EU E VOCÊ, Todos nós! Precisamos mudar de comportamentos, mudança de mente... arrependimento, choro, primeiro amor...voltar ao inicio de tudo e viver para Deus e COM DEUS!!!

    ResponderExcluir
  3. É eu acho que todos nós já passamos por isso!!!

    ResponderExcluir
  4. Somos carente de assentar a mesa com Ele e ouvirmos com o coração as suas doces palavras !!!Que o Espírito da Verdade nos conduza a verdadeira mudança. ..

    ResponderExcluir