POSTS NOVOS

terça-feira, 27 de maio de 2014

Espiritualidade The Walking Dead


The Walking Dead é uma série Americana que foi ao ar em 2010, a trama é basicamente a essência de todos os filmes/series com a temática apocalíptico zumbi. Uns foram infectados e os que não foram buscam um lugar  seguro para se refugiarem. O que isso tem a ver com questões espirituais? Vamos tentar identificar rss

E eis que, aproximando-se dele um jovem, disse-lhe: Bom Mestre, que bem farei para conseguir a vida eterna? E ele disse-lhe: Por que me chamas bom? Não há bom senão um só, que é Deus. Se queres, porém, entrar na vida, guarda os mandamentos. Disse-lhe ele: Quais? E Jesus disse: Não matarás, não cometerás adultério, não furtarás, não dirás falso testemunho; Honra teu pai e tua mãe, e amarás o teu próximo como a ti mesmo. Disse-lhe o jovem: Tudo isso tenho guardado desde a minha mocidade; que me falta ainda?Disse-lhe Jesus: Se queres ser perfeito, vai, vende tudo o que tens e dá-o aos pobres, e terás um tesouro no céu; e vem, e segue-me. E o jovem, ouvindo esta palavra, retirou-se triste, porque possuía muitas propriedades. Disse então Jesus aos seus discípulos: Em verdade vos digo que é difícil entrar um rico no reino dos céus." (Mateus 19:16-23)

Jovem rico é um exemplo claro de um “morto-vivo, zumbi”. Vivia bitolado dentro do sistema da religiosidade, mas ainda não tinha experimentado a liberdade de estar em Cristo de fato. Como ele mesmo diz: “Eu guardo a lei, a obedeço por completo, faço absolutamente tudo que me é exigido” e o confronto de Jesus, o entristeceu completamente. O choque de realidade foi demais para esse pobre-rico jovem. Pois é como se pudéssemos ouvi-lo dizer: “Já faço tantas coisas e ainda me pedes para fazer mais isso. Desculpe-me é demais pra mim”. Uma verdade semelhante à maioria de nós em dias atuais. Quantas vezes nos tornamos religiosos e cumpridores de um sistema que nos leva ao enfado e muitas vezes ao desânimo? Costumo dizer que o monótono e repetitivo dentro da espiritualidade é o que nos leva ao marasmo e cansaço, mais o novo através da revelação de quem Ele é, e do que Ele tem, é o que nos trás satisfação e realização. Não seria tempo de sairmos da condição de zumbis espiritualizados e começarmos a mergulhar na vida abundante dEle?

Como na série precisamos fugir daquilo que pode nos contaminar, gerando em nós não só uma “vida-morta” mais uma mente morta, por isso é necessário a renovação de mentalidade (Romanos 12.2) para que venhamos a viver uma vida realizada nELE. O Cansaço gerado no tempo que estamos vivendo, é resultado de uma “vida-morta”. Para que saiamos dessa condição, só há um refugio, corremos para os braços do Pai, nutrir nossas emoções através de um relacionamento intimo e pessoal com Ele. Encher nosso espírito de compreensão e revelação de quem Ele é. Na série todos procuram encontrar um lugar seguro, um local que pudesse ser o “paraíso” o descanso tão esperado e necessário. Para nós o mesmo desanco e paraíso que buscamos, está e sempre estará em Deus...

Que venhamos a viver como Paulo descreveu em Gálatas 2.20:

“Portanto já não vivo mais eu, mais Cristo vive em mim..”

Que um tempo de vida nova em Deus seja gerado na minha vida e na sua vida

Grande Abraço

7 comentários:

  1. Verdade, Fabrício. O que nos traz de volta à vida é o relacionamento íntimo e sincero com Jesus. A comunhão no templo (e fora dele) é importante, mas a Igreja Viva somos nós mesmos.

    ResponderExcluir
  2. Vanderson Régis27 de maio de 2014 12:28

    E em verdade vos digo, disse tudo!

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. É assustador como o sistema cristão evangélico desenvolveu resposta para tudo. Pois a religiosidade tem satisfeito as necessidades rasas de um povo que pensa estar vivo em Cristo.Com isso pode-se decidir sobre temas complexos sem a oração, a bíblia ou o discernimento do Espirito, basta buscar no rol de respostas. Espiritualidade The Walking Dead, que Deus nos permita refletir sobre este tema. Muito bom, parabéns pelo texto.

    ResponderExcluir
  5. Criatividade nível Nárnia! Muito bom Pastor! Uma palavra otima! Rsr

    ResponderExcluir
  6. Temos que entrar na PRESSAO com o Espirito Santo, ai sim vamos viver uma vida digna de filhos de Deus. Muito boa Pastor

    ResponderExcluir