POSTS NOVOS

quinta-feira, 17 de abril de 2014

Puxa Saco!





E aí pessoal, tudo bem com vocês? Comigo tá tudo jóia!
Bom vamos lá ao post de hoje, roda a vinheta aí dj.. .rsrsrsrs, não tem vinheta, sacanagem!

Hoje queria bater um papo com vocês sobre “Puxa Saco”. Não quero falar do tradicional puxa saco, que todos conhecem e muitos detestam, quero falar do puxa saco, eu e você!

                Na  minha cabeça existem 2 tipos de puxa saco:

1)                         O puxa Saco bajulador, aquele que faz isso por considerar demais uma pessoa qu e não encontra o equilíbrio para demonstrar tamanho afeto.

2)                         E o puxa saco mascarado, aquele que te paparica te bajula na frente e na primeira oportunidade desce a língua em você!
Dias atrás estava meditando nessa passagem:

“Este povo me adora, me honra com seus lábios mais seu coração está longe de mim”
 Isaías 29.13

Quantas vezes nós entramos  nessa condição? Por inúmeros fatores. Adoradores sem causa, servos sem mestres, filhos sem pai? Basta fazer parte de uma igreja, ir as reuniões de culto, ou fazer parte de um ministério, levantar as suas mãos? Evidente que não! E não exatamente isso que estamos vendo? Uma geração de puxa saco?! Falamos, tão bem de Deus, cantamos canções que letras são tão impactantes e tão profundas, porém, ao sair das reuniões ou do momento, tudo isso se desfaz! Isso nos torna um puxa saco classe 2, correto? Não seria já o tempo de passarmos a viver uma vida de fato baseada no evangelho? Pois o evangelho é verdade e gera luz, precisamos mudar a forma como nos relacionamos com o nosso Deus.

Tenho visto que temos transformado o evangelho de Cristo, em algo muito benéfico a nós mesmos. Uma barganha sem fim! A geração da benção, da vitória, da dupla honra, do melhor de Deus ainda estar por vir. Buscando sempre aquilo que podemos receber através do evangelho. E isso tem nutrido um povo puxa saco barganhador. Se eu posso bajular,  com certeza irei receber alto em troca, e porque não faze-lo? Completamente na contra mão do evangelho de Cristo, o oposto da própria vida de Cristo no seu ministério terreno e da revelação dos princípios da sua palavra, concorda?
Não quero ser extenso até porque dentro desse contexto escreveríamos linhas e mais linhas. Mais é um tempo de despertamento, não o despertamento que tanto ouvimos falar. Mais o despertamento para a comunhão genuína com Cristo, o relacionamento de pai e filho, de amigos. Nutrindo em nós a luz de Cristo, nutrindo o caráter de Jesus  para que possamos vivercomo Ele viveu.
“E os verdadeiros adoradores, o adoram em espírito e em verdade”


 Grande Abraço!

4 comentários:

  1. Com certeza...bajuladores classe 2 geralmente são #Pedros e se não tomar cuidado se tornará um #Judas !! #Oremos #Misericredo!!

    ResponderExcluir
  2. Amém!! Mais um texto para reflexão para nosso dia da dia com Cristões.
    Que Deus continue a ilumina-lo com sabedoria, Bricio... a qual tem tido a facilidade de pegar pequenos momentos do nosso cotidiano, e trazer reflexão segundo o Evangelo!!
    Deus te abençoe, Amado!!!

    ResponderExcluir
  3. Muito boa a abordagem!!! Deus aprecia a verdade a sinceridade.Esse é o caminho...

    ResponderExcluir