POSTS NOVOS

terça-feira, 1 de abril de 2014

Mentiroso Eu?



E aí Pessoal, tudo bem com vocês?

                Pois é, hoje é dia 1º de Abril, conhecido como dia da mentira! Muitos crentes nas redes sociais começam suas ações sobre esse dia. O dia do diabo, crente que é crente não brinca com esse dia, etc etc etc etc...Mais o que é a mentira de fato? 

                Muitos de nós, controlamos nossos impulsos no que diz respeito a mentir. Sabemos, como a Bíblia nos ensina que o diabo é o pai da mentira (João 8.44), portanto, evitamos tal pratica. Mas, será mesmo? Talvez não somos tão sinceros conosco mesmo no que diz respeito a nossa alegria, os nossos desejos, não somos tão transparentes assim com aquilo que precisamos fazer. Talvez baseados nos conceitos sociais, nas pressões da religião ou do grupo que estamos inseridos, muitas vezes, julgados como rebeldes ou coisas do gênero. Quantos de nós temos mentido no nosso interior em relação a tantas áreas de nossas vidas. Isso não nos faria também celebrar o tão odiado dia da mentira? Será que consideraríamos a mentira só a dita em alguma temática em especifico ou aquela que escondemos atrás de um falso sorriso, de uma falsa alegria ou até mesmo de um falso status?

                A mentira em partes é muito motivacional, pelo coração. A bíblia diz em Apocalipse 22.15 “ que não herdarão o reino dos céus, aqueles que amam a mentira” mentir pelo habito, mentir por querer passar os demais para trás, mentir para se sobressair em alguma situação, talvez essa é a mentira tão abominável. Mais você lembra quando Raab uma prostituta precisou mentir para os mensageiros do rei para preservar a vida dos espias que Josué tinha mandado para conhecer a terra? (Josué capítulos 2 e 6). Essa mentira tinha a motivação de preservação da vida dos espias. Afinal de Raab fosse tão sincera assim, os espias de Josué teriam morrido, não é mesmo? Por isso, talvez quando alguém lhe pergunta: “Estou Gorda?” por educação e generosidade vocês vai elogia-la, e por essa motivação de alegra-la e não abala-la emocionalmente, você não peca. Compreende a diferença das motivações?
                                Aprendi que Deus só habita na luz, e essa é gerada, claro, através do próprio Espírito de Deus em nós. Mas ela é iniciada com a transparência pessoal, de quem sou, daquilo que quero ser e daquilo que tenho sido, reconhecendo todas minhas verdades interiores. E eu preciso assumi-las e reconhece-las para que eu possa alcançar a liberdade genuína em Cristo.

                Talvez em função de tudo isso, temos visto uma sociedade tão hipócrita, tanto no exterior quando no interior.

“As pessoas estão cansadas de crentes cheios de uma falsa alegria e vazios de sinceridade.”
Sejamos LUZ! E verdadeiros com nós mesmos!

Grande Abraço

2 comentários:

  1. Então, como dizia o tal músico: mentir para si mesmo é sempre a pior mentira...
    Enfrentar as verdades interiores pode até doer, mas é o melhor caminho para cura!

    ResponderExcluir
  2. Engraçado que eu nunca tinha parado pra pensar sobre isso... mas agora que você falou sobre o assunto me veio a cabeça alguns momentos, e de todos eles, não me lembro de algum que precisei ou por educação, ou por necessidade de evitar uma confusão e que fiquei com aquele peso na consciência, mas em outros momentos acabei com aquele peso do erro, pq acho que poderia ter tomado outro rumo e evitado a mentira, rsss, a verdade é que mesmo vivendo em uma família meio dividida; meu pai mente a cada segundos e por varias vezes já o vi dizer que é o kra esperto e que consegue enganar as pessoas e tal (pura ignorância), já minha mãe é totalmente oposta, diz que não é bom mentir nem nos mínimos detalhes, até concordo em alguns aspectos com ela, mas eu comecei mesmo a odiar essas mentiras, quando percebi que era enganado por besteiras, hoje, só as tentativas já é o suficiente pra me tirar do "sério".

    ResponderExcluir