POSTS NOVOS

segunda-feira, 9 de dezembro de 2013

Espírito Natalino



E aí pessoal, tudo bem com vocês?           
           
                Esse post não é pra dizer se o Natal deve ou não deve ser comemorado, se é certo ou errado, se é bíblico ou não, porque quanto a isso você já deve ter informações o suficiente. Uma coisa é fato no meio disso tudo, na nossa nação o natal é comemorado dia 25 de dezembro rss...

                Sabe o que eu acho mais cômico do espirito natalino? A hipocrisia natalina! Não é engraçado como a maioria de nós tentamos nos convencer ou justificar de tudo aquilo que deixamos de fazer ao longo de um ano ou de uma vida toda, com a compensação do espirito natalino nas festas comemoradas no final do ano? Passamos um ano não nos importando tanto assim com os mendigos, com os pobres, com os sem teto, em muitos casos passamos por eles todos os dias, mais de certa forma fazemos questão de não vê-los. Não vê-los até com a justificativa de “Não posso resolver todos os problemas da sociedade, isso é papel de políticos e dos órgãos competentes” Mais o que Jesus nos ensinou não foi diferente disso? Amar os irmãos como a nós mesmos, repartir, compartilhar?  Um dos mandamentos do período da graça é “Amai a Deus acima de todas as coisas e o Próximo com a ti mesmo. [Marcos 12.31]” Em Atos dos Apóstolos também vemos passagens que eles repartiam o pão de casa em casa e também não cessavam de ensinar a palavra. E porque não pegamos esses princípios e aplicamos no nosso dia a dia?

                É comemorado o dia do nascimento do salvador no dia 25 (não há provas que confiram com precisão a data do nascimento de Jesus) e essa data foi dominada por mamon, entramos na ilusória ideia de que precisamos fazer o bem para compensar o que deixamos de fazer, mais tudo que a maioria de nós pensamos, são os presentes que preciso comprar para a, b ou c. Não que você não possa presentear alguém, mais a data perdeu sua essência e virou comercio.              Depois entramos o ano cheio de dividas rss
                Não tenho nada contra o que vamos fazer no natal, vamos levar comida, roupa etc etc, mais eu acho que não deveríamos viver esse “espirito natalino” só nessa época do ano, mais vivermos isso todo o tempo, todos os dias, todos os momentos. Concordo que não mudaremos o mundo todo, mais se todos nós aplicarmos esses princípios deixados pelo mestre Jesus, teríamos uma vida bem mais produtiva, e conseguiríamos melhorar nem que seja um pouco a vida do nosso próximo.

                Pra pensarmos mais, deixo a frase de Carlos Queiros

“A Falta de pão na mesa do pobre pode ser uma denúncia da falta de espiritualidade no altar”

6 comentários:

  1. Bem deste modelo...e digo mais...o NATAL de mamom é racista e comete acepção de pessoas...se fosse de fato um ESPIRITO deveria ser como Jesus ensinou, amando nosso próximo, mas é o contrário, presentes são dados a quem está com vc o tempo todo, e já deve por obrigação de conviver receber algo...pra que esta data pudesse ter umvalor real, deveria então ser o contrário, vamos as ruas, aos pequenos que neta data não terão nada em sua mesa(já o não tem o ano todo), mas nesta data todos festejando esfregando na cara dos menos favorecidos que o NATAL DE MAMOM é pra quem pode e não pra quem quer... (confuso meu comentário, mas ..)

    ResponderExcluir
  2. usam o dia 25/12 como pretexto de comemorar o nascimento de Jesus....
    mas em que a data de seu nascimento realmente importa? em algum momento de sua vida e de seu legado Ele, Jesus, nos orientou em comemorar ou lembrar de seu nascimento???? pelo que sei Ele nos mandou relembrar de sua morte e ressurreição, Lc 22:19 - E, tomando o pão, e havendo dado graças, partiu-o, e deu-lho, dizendo: Isto é o meu corpo, que por vós é dado; fazei isto em memória de mim.
    precisamos nos lembrar é do maior ato de amor de toda humanidade, ato que nos livrou da morte e da condenação ( Rm 8:1 )... ato que nos fez desfrutar de algo inimaginável e imerecido, a sua Graça, que entre todas as formas e situações nos é o bastante....e isso deve se refletir em uma gratidão e amor de tal forma que será impossível vivermos de forma diferente de Jesus... n se resumindo a uma data especifica nem muito menos a um peso de consciência..
    mas como de forma bem clara 1 Co 13:1-3 diz.... sem amor de nada valeria... o amor é marca do discípulo!!!! n importe quando nem oq vc faça... apenas o faça por amor... e aquele que sonda e esquadrinha seu coração o recompensará EM SECRETO como sua palavra nos ensina... oq sua mão esquerda fizer, esconda da direita... os holofotes estão destinados aos grande egos e aos orgulhosos e como diz em Pr 16:18 - o orgulho precede aqueda...

    ResponderExcluir
  3. Concordo.
    Eu num vou fazer nada pra mendigo nenhum nesse natal (de noel), já que num fiz no ano todo.
    Agora é rever meus conceitos em relação a filantropia pessoal e fazer algo no ano que esta chegando. (É isso?)

    ResponderExcluir
  4. Gostei do post acho que é algo para refletirmos mesmo. E como é bom estar rodeado de homens sábios e que seguem os princípios de Deus para ensinar essa nova geração !!! Fabricio Tarles, Gustavo Damasceno e Walciley Vieira

    ResponderExcluir
  5. O QUE PRECISAMOS REALMENTE COMEMORAR ,ÉO NASCIMENTO DO VERDADEIRO CRISTO NOS CORAÇOES DO SER HUMANO .
    POIS HOJE CRISTO ,INFELIZMENTE ,NUNCA NASCEU NO CORAÇAO DE MUITAS PESSOAS ,PRINCIPALMENTE DE MUITOS CRISTAOS ,LAMENTAVEL!!!!
    QUANDO CRISTO NASCER REALMENTE EM NOSSOS CORAÇOES ,AI SIM COMEMORAMOS O VERDADEIRO SENTIDO DO NATAL!!!

    ResponderExcluir
  6. “A Falta de pão na mesa do pobre pode ser uma denúncia da falta de espiritualidade no altar”

    ResponderExcluir